Eleições Legislativas 2011

Junho 02 2011

Penúltima das sondagens da Eurosondagem para o Expresso, SIC e Rádio Renascença volta a dar o alargamento da vantagem do PSD sobre o PS.

 

 

A três dias do final da campanha eleitoral, Passos Coelho vê o PSD alargar novamente a diferença nas intenções de voto para o PS, que é agora de 4,8%.

Os socialistas descem, enquanto os sociais-democratas são o único partido analisado a crescer nas intenções de voto dos portugueses.

A direita consegue somada 48,9%, contra os 44,8% dos partidos mais à esquerda.


Ficha técnica

Estudo de Opinião efectuado pela Eurosondagem, S.A. no dia 01/06/2011 para o Expresso, SIC e Rádio Renascença, com o objectivo de conhecer a intenção de voto.

O Universo é a população com 18 anos ou mais, residente em Portugal Continental e habitando em lares com telefone da rede fixa.

A amostra foi estratificada por Região (Norte - 20,3%; A.M. do Porto - 14,0%; Centro - 29,0%; A.M. de Lisboa - 27,6%; Sul - 9,1%), e aleatória no que concerne ao Sexo e Faixa Etária, de onde resultou Feminino (52,7%), Masculino (47,3%) e 18/30 anos (17,9%), 31/59 anos (50,7%) e 60 anos ou mais (31,4%), num total de 507 entrevistas telefónicas validadas, dado que 214 (29,7%) das 721 tentativas efectuadas não aceitaram colaborar ou responderam não ir votar.

O resultado projectado da intenção de voto, é calculado mediante um exercício meramente matemático, presumindo que os 18,9% respondentes "Ns/Nr" se abstêm e resulta da seguinte média: Dia 29/05 - 10%, dia 30/05 - 20%, dia 31/05 - 30%, dia 01/06 - 40%.

O erro máximo da Amostra deste Estudo é de 4,35 %, para um grau de probabilidade de 95,0%.

Os resultados ponderados que estão expressos neste Estudo de Opinião, resultam de uma média dos últimos quatro estudos, que totalizam 2.037 entrevistas validadas, com a margem de erro de 2,17%.

Um exemplar deste Estudo de Opinião está depositado na ERC.

fonte:http://aeiou.expresso.pt/ad-com-maioria-absoluta=f653137


publicado por adm às 21:43

Maio 02 2011

O jurista Carlos Abreu Amorim é a escolha do PSD para tentar ganhar, nas próximas eleições legislativas, o distrito tradicionalmente socialista de Viana do Castelo, que conta este ano com 13 candidaturas de forças políticas. No sorteio dos boletins de voto, hoje divulgado pela Comissão Nacional de Eleições, a CDU é o primeiro partido de uma lista de 13 forças políticas que se perfilam para o próximo ato eleitoral, seguindo-se o BE, o PPD/PSD, o MRPP e o PPM. O PAN está em sexto lugar do boletim, seguindo-se, em sétimo, o CDS-PP. Já no oitavo lugar do boletim vai constar o PS, seguindo-se o MPT (Partido da Terra). Para o décimo lugar, o so rteio ditou o PNR, surgindo depois o PPV, o PDA e a finalizar o MEP. Ilda Figueiredo (CDU), Jorge Teixeira (BE) e Abel Batista (CDS) são os cabeças-de-lista repetentes em relação a 2009, enquanto que a grande novidade é o independente Carlos Abreu Amorim a encabeçar as listas do PSD. Pelo PS, concorre Fernando Medida, um dos dez novos cabeças de lista que os socialistas apresentam a nível nacional. Nas eleições de 2009, participaram no distrito 141.482 votantes, dando a vitória ao PS, com três eleitos, seguindo-se o PSD, com dois deputados. A última vaga coube ao CDS num distrito onde os centristas obtêm um dos melhores resultados relativos.

fonte:http://www.correiodominho.com/

publicado por adm às 23:12

Abril 10 2011

Todos os candidatos devem ser «residentes» na região e ter uma «vivência e reconhecimento público»

 

 Os militantes do Partido Social Democrata (PSD) de Viana do Castelo aprovaram na quinta-feira a proposta da Comissão Politica Distrital (CPD) sobre o perfil dos candidatos a apresentar às próximas legislativas naquele círculo eleitoral, devendo todos ser residentes na região.

A Lusa apurou junto de fonte do partido que a moção foi aprovada por unanimidade e prevê que todos os candidatos que concorram nas listas do PSD por Viana do Castelo sejam «residentes» no distrito. 

A «vivência e reconhecimento público» na região é um dos 15 pontos que consta da proposta apresentada pela CPD e que define a necessidade de «renovação» dos quadros políticos.

O presidente da CPD do PSD escusou-se a tecer comentários sobre o processo por se tratar de uma «discussão interna» e disse que vai continuar, nos próximos dias, na preparação das listas candidatas às eleições legislativas antecipadas de 5 de Junho.

A proposta, obedecendo aos critérios agora aprovados pelos militantes, cabe à distrital, que depois enviará a lista dos candidatos para os órgãos nacionais do partido para aprovação final, o que deverá acontecer na próxima semana. 

«É um processo interno de discussão e a distrital ainda vai abordar o assunto com as várias estruturas do partido. Como tal, é prematuro estar a falar de nomes», disse Eduardo Teixeira, presidente da CPD.

Recorde-se que o distrito de Viana do Castelo elege seis deputados, três do Partido Socialista (PS), dois do PSD, Álvaro Campos Ferreira e José Eduardo Martins, e um do CDS-PP.
fonte:http://www.tvi24.iol.pt/
publicado por adm às 00:26
Tags:

Tudo sobre as Eleições Legislativas 2011
pesquisar
 
Pesquisa personalizada
links
subscrever feeds
Web Stats