Eleições Legislativas 2011

Junho 17 2011

Estavam inscritos 9.624.354 eleitores e votaram 5.585.254, o que corresponde a uma taxa de abstenção de 41,97 por cento.

 

O PSD venceu as eleições legislativas portuguesas de 05 de junho com 38,66 por cento dos votos, correspondente a 2.159.181 votos, elegendo 108 deputados, de acordo com o mapa oficial dos resultados, divulgado nesta sexta-feira (17) pela Comissão Nacional de Eleições (CNE).

O PS obteve 1.566.347 votos, que correspondem a 28,04 por cento e a 74 mandatos.

O CDS-PP conquistou 11,71 por cento dos votos, alcançando 653.888 votos e elegendo 24 deputados.

O PCP obteve 441.147 votos, correspondentes a 7,90 por cento, e elegeu 16 deputados.

O Bloco de Esquerda teve 288.923 votos (5,17 por cento), obtendo oito mandatos na Assembleia da República.

Estavam inscritos 9.624.354 eleitores e votaram 5.585.254, o que corresponde a uma taxa de abstenção de 41,97 por cento.

Registaram-se 148.638 votos brancos (2,66 por cento) e 79.399 nulos (1,42 por cento).

Somando os votos do PSD e CDS, a direita portuguesa obteve maioria absoluta na Assembleia da República, na XII legislatura, com um total de 132 deputados.

fonte:http://www.portugaldigital.com.br/

publicado por adm às 23:47

Junho 14 2011

Líder do PSD encontrou-se ao final da manhã com o Presidente para lhe apresentar o acordo de Governo com o CDS.

Pedro Passos Coelho e Paulo Portas já fecharam o acordo de coligação para governar Portugal durante os próximos quatro anos.

O líder do PSD encontrou-se ao final da manhã com o Presidente da República para apresentar em Belém a solução que tinha sido exigida por Cavaco Silva nas cerimónias do 25 de Abril: um Governo "de apoio maioritário na Assembleia da República". Ainda sem nenhum nome porque Passos Coelho pretende, apenas, fazer convites depois de ser formalmente indigitado, o que só ocorrerá amanhã às 12 horas.

O encontro entre o futuro primeiro-ministro e o Presidente não estava previsto, foi apenas anunciado ao início da manhã de hoje, e decorreu horas antes de Cavaco dar início às audições de todos os partidos com assento parlamentar: PEV às 15 horas, BE às 16 horas, PCP às17 horas, CDS às 10 horas de amanhã, PS às 11 horas de amanhã e, por fim, o PSD às 12 horas de amanhã.

fonte:http://economico.sapo.pt

publicado por adm às 13:42

Junho 13 2011

O novo Governo poderá tomar posse no próximo dia 22, um dia antes do início do Conselho Europeu, que dessa forma já poderá contar com a presença do novo primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho.

A partir de quarta-feira deve começar a ser conhecido o calendário do novo Governo quando a Comissão Nacional de Eleições fizer o apuramento final dos votos e forem conhecidos os resultados totais das eleições legislativas do passado dia 5, incluindo os votos da emigração.

É também na quarta-feira que o Presidente da República recebe as delegações do PSD e CDS, os dois partidos que estão a negociar a formação do novo Governo, e ainda a comitiva do PS, sendo que, um dia antes, Cavaco Silva recebe os restantes partidos com assento parlamentar, PEV, BE e PCP.

Com um acordo de Governo assinado entre os líderes dos dois partidos, Pedro Passos Coelho e Paulo Portas, o Presidente da República estará em condições para indigitar formalmente o novo primeiro-ministro.

Na sexta-feira podem vir a ser publicados os resultados eleitorais e se não existir qualquer recurso a contestar a votação é certo que a partir desse desse dia a Assembleia da República está em condições de reabrir portas já com os novos deputados eleitos nas legislativas de 5 de junho.

Tendo em consideração as datas anteriormente referidas é bem possível que o Parlamento possa retomar os trabalhos na segunda-feira, dia 20, ou o mais tardar no dia seguinte, altura em que também a Assembleia da República fica em condições de eleger o seu novo Presidente.

Com todo este cenário, é possível que o novo Governo possa tomar posse no dia 22 e assim Pedro Passos Coelho viaje para o Conselho Europeu no dia 23 já como novo primeiro-ministro de Portugal. 

fonte:http://diariodigital.sapo.pt

publicado por adm às 22:38

Junho 08 2011

O PSD e o CDS-PP anunciaram hoje que vão criar "duas equipas de trabalho" para preparar "uma proposta de acordo político" e "uma proposta de acordo programático que servirá de base ao futuro Programa de Governo".

 

As duas delegações acordaram ainda a realização de um encontro final para avaliar o trabalho produzido pelas duas equipas e concluir as conversações", refere uma nota conjunta do PSD e do CDS-PP, que não indica nenhuma data para esse encontro final.

Esta nota conjunta foi distribuída aos jornalistas depois de terminada uma reunião de quase duas horas entre as delegações do PSD e do CDS-PP na sede nacional dos sociais-democratas, em Lisboa.

fonte:lusa

 

publicado por adm às 13:42

Tudo sobre as Eleições Legislativas 2011
pesquisar
 
Pesquisa personalizada
links
Web Stats