Eleições Legislativas 2011

Junho 05 2011

O líder do PSD votou esta manhã na Escola Básica do 1.º ciclo Orlando Gonçalves, em Alfornelos, Amadora. Cercado por dezenas de jornalistas, Pedro Passos Coelho entrou na secção de voto n.º 4, votou e à saída, interpelado por repórteres, falou da crise económica do país e deixou um apelo aos portugueses para que exerçam o seu voto.

 

Durante cerca de 10 minutos, as televisões transmitiram em directo a ida de Passos Coelho à escola. O líder social-democrata votou perto das 11h, perante os olhares de dezenas de jornalistas que não deixaram de questionar Passos Coelho sobre como passará as próximas horas. “Estou muito bem. Vou passar o dia com a família”, contou, acrescentando que só mais tarde irá para a sede do partido.

À saída, um jornalista alemão dirigiu-se em inglês ao líder do PSD para saber o que Passos Coelho tinha a dizer sobre o que espera Portugal nos próximos anos. Primeiro remeteu qualquer comentário para depois das legislativas, mas à pergunta do jornalista estrangeiro Passos Coelho acabou por responder, em inglês. “Estamos num período difícil mas o país começará a ter prosperidade dentro de dois ou três anos”, disse.

Em dia de legislativas, o líder do PSD disse ainda esperar que “as eleições decorram com a maior normalidade”. “O país tem noção que é olhado externamente com muita atenção. E todo o país e todos os portugueses merecem que estas eleições decorram com o maior civismo”, concluiu.

Passos Coelho acrescentou que, no seu entender, “o senhor Presidente da República fez um apelo inequívoco à participação democrática e um apelo a que os cidadãos não se abstenham” nas legislativas de hoje. 

“Espero que esse apelo seja ouvido, porque é importante numa sociedade democrática - ainda para mais num país que atravessa os problemas que o nosso atravessa - que todos os cidadãos se possam mobilizar e que, de acordo com as suas preferências, votar e escolher aqueles que entendem que deverão assumir os destinos da governação do país, de acordo com aquilo que for a sua consciência”, disse.

fonte:http://www.publico.pt/

publicado por adm às 15:28

Tudo sobre as Eleições Legislativas 2011
pesquisar
 
Pesquisa personalizada
links
Web Stats