Eleições Legislativas 2011

Junho 05 2011

Mais de 9,6 milhões de eleitores podem votar hoje, entre as 8h e as 19h, nas eleições legislativas antecipadas, de onde sairá um novo Governo.

Mais de 9,6 milhões de eleitores podem votar hoje nas eleições legislativas antecipadas, de onde sairá um novo Governo e a composição da Assembleia da República na XII Legislatura.

De acordo com a Direção Geral da Administração Interna (DGAI), estão habilitados a exercer o seu direito de voto 9.626.305 cidadãos.

As mesas de voto estarão abertas entre as 8h e as 19h em Portugal Continental e Madeira, enquanto nos Açores abrem e fecham uma hora mais tarde em relação à hora de Lisboa devido à diferença horária.

Dezassete listas a votos

 

Nestas eleições para a Assembleia da República, dezassete forças políticas apresentaram listas, mas apenas nove partidos e uma coligação concorrem a todos os círculos eleitorais.

Além das cinco forças políticas com representação parlamentar - PS, PSD, CDS-PP, BE e CDU (coligação PCP e PEV) -, concorrem ao sufrágio PCTP-MRPP, Movimento Esperança Portugal (MEP), Movimento Partido da Terra (MPT), Partido Popular Monárquico (PPM), Partido Nacional Renovador (PNR), Partido pelos Animais e pela Natureza (PAN), Partido Trabalhista Português (PTP), Portugal Pró-Vida (PPV), Partido Democrático do Atlântico (PDA), Partido Nova Democracia (PND), Partido Humanista (PH) e o Partido Operário da Unidade Socialista (POUS).

A 15 de junho serão contados os votos dos círculos da Europa e Fora da Europa, que elegem quatro deputados.

116 deputados necessários para maioria absoluta

 

Para obter uma maioria absoluta, um partido ou uma coligação precisam de somar 116 deputados.

O PS venceu as últimas eleições legislativas, em 2009, com 36,56 por cento dos votos (97 deputados), mas perdeu a maioria absoluta alcançada quatro anos antes. O PSD obteve 29,11 por cento (81 deputados), o CDS-PP 10,43 (21), o Bloco de Esquerda 9,81 (16) e a CDU 7,86 (15). A abstenção foi de 40,32 por cento.

Os socialistas ganharam sete das 13 anteriores eleições legislativas, enquanto o PSD venceu as outras seis votações nacionais, embora coligado em duas delas, alternando-se ambos como maior força política portuguesa desde 1975.

Segundo a Constituição da República Portuguesa, "o primeiro-ministro é nomeado pelo Presidente da República, ouvidos os partidos representados na Assembleia da República e tendo em conta os resultados eleitorais".

Problemas com o cartão do cidadão não deverão repetir-se

 

Nas últimas eleições presidenciais, a 23 de janeiro, muitos eleitores não conseguiram votar quando se apresentaram nas mesas de voto com o cartão do cidadão. A DGAI já garantiu que esses problemas estão ultrapassados e notificou um milhão de eleitores que viram alterada a sua situação eleitoral.

Foram também reforçados os sistemas de informação que suportam a divulgação aos eleitores do seu número e freguesia de inscrição e enviadas cartas informativas a cerca de cinco milhões de pessoas sobre como obter o número de eleitor e o local de voto.

fonte:http://aeiou.expresso.pt/

 

publicado por adm às 08:25

Tudo sobre as Eleições Legislativas 2011
pesquisar
 
Pesquisa personalizada
links
Web Stats