Eleições Legislativas 2011

Junho 01 2011

Uma forte receção, num concelho que deixou de ser comunista há mais de uma década, emocionou o líder do PCPJerónimo fez até uma pausa nas palavras "politicamente corretas" para as trocar por "um discurso de emoção e de afecto". 

Foram muitos os abraços sentidos e as palmadas nas costas, em cerca de meia hora de passeio pelas ruas do centro da Amadora. Jerónimo de Sousa foi interpelado por operários, sindicalistas e vários companheiros "de muitas lutas antigas". Recebeu, emocionado, o abraço de Rui, um antigo camarada de armas, com quem fez a guerra, em África. Foi uma das mais concorridas iniciativas da campanha eleitoral comunista.

 

No final, o líder estava inegavelmente satisfeito. Numas breves palavras dirigiu-se aos "homens e mulheres conhecidos" que aqui o vieram saudar. Aliás, à saída do carro o secretário geral do PCP foi recebido com gritos de: "Jerónimo, amigo o povo está contigo". Rapidamente e para evitar qualquer tentativa de culto de personalidade, corrigiu: "CDU, amiga, o povo está contigo".

Mas foi, sem dúvida, o contacto directo que fez Jerónimo abandonar por momentos o discurso típico desta campanha. "Esta recepção tem um significado profundo" numa terra "que é bem o espelho da destruição causada pela política de direita". O encerramento de fábricas - que nomeou - e a condenação de "postos de trabalho de operários de 20 valores" justificam a mobilização para a luta.

"Ver-vos aqui é sinal de que vocês não desistiram", disse Jerónimo à pequena multidão. E acrescenta: "é sinal que valeu e vale a pena a luta e continuar a acreditar num futuro melhor".

fonte:http://aeiou.expresso.pt/j

publicado por adm às 22:46

Tudo sobre as Eleições Legislativas 2011
pesquisar
 
Pesquisa personalizada
links
Web Stats