Eleições Legislativas 2011

Maio 31 2011

Paulo Portas lançou esta segunda-feira um alerta para os dias que correm e para depois da campanha eleitoral.

 

Temos de manter a moderação e responsabilidade até ao fim antes e depois das eleições. Temos de manter a coerência agora e depois das eleições para que não digam que nos mentiram e [digam] que cumpriram”, disse esta noite o líder do CDS, num jantar em Oliveira do Bairro, Aveiro.

A poucos dias das eleições legislativas, Portas já tem uma certeza: “não há dúvida nenhuma de que o PS já perdeu”. Mas tem uma dúvida: “O que falta saber é o peso que o CDS vai ter”.

E pede força para poder pôr em prática oito das principais marcas do discurso CDS: “defender os mais pobres, puxar pelas pequenas e médias empresas, alterar o Código Contributivo relativo aos recibos verdes, valorizar a agricultura, defender uma política de segurança, recuperar a justiça sério, dar autoridade aos professores, não permitir o clientelismo e contrariar o caciquismo”.

Com as sondagens a apontar reforço da votação no partido, Paulo Portas insistiu na moderação dos discursos entre os partidos e questionou os motivos da “radicalização” da campanha. “Para quê dizer palavras de que se arrependam depois?”, perguntou.

E, mais uma vez, lembrou que PS, PSD e CDS vão ter de se entender para levar por diante uma revisão constitucional e outras leis que exigem dois terços dos deputados no Parlamento.

fonte:http://www.publico.pt/P

publicado por adm às 13:32

Tudo sobre as Eleições Legislativas 2011
pesquisar
 
Pesquisa personalizada
links
Web Stats