Eleições Legislativas 2011

Maio 30 2011

"Patético"?. Passos não responde a Sócrates. "Um mal menor"?'. Também não responde aMarcelo. O líder do PSD diz "não estar aqui para andar à bulha" e aconselha que se ouça o professor na quarta-feira, quando ele chegar à campanha.

 

"Não respondo. Não comento. O meu objetivo esta semana é realçar o que podemos fazer de diferente pelo país. Eu não me candidatei para andar à bulha". Em Arcos de Valdevez, o candidato do PSD não quis responder, nem a Sócrates, nem a Marcelo Rebelo de Sousa. O primeiro chamou-lhe patético por apelar ao voto socialista; o segundo comparou, na TVI, a escolha de dia 5 a uma escolha entre males menores.

 

"Eu não vou comentar o que diz o dr. Marcelo Rebelo de Sousa. Ele vai estar na nossa campanha e os senhores vão ter oportunidade de o ouvir", afirmou Passos Coelho, que evitou, até poder, responder sobre o assunto.

Na véspera, Passos já tinha deixado Paulo Portas sem resposta. E daqui até ao final da campanha a sua estratégia passa por evitar quezílias diretas com os adversários ou alimentar críticas, e tentar passar uma crescente mensagem de que é ele "o rosto da confiança e da mudança" no país.

"Esta é uma semana muito importante para construirmos um voto decisivo para mudar Portugal. Eu sei que vou ganhar estas eleições, mas é importante ter uma votação forte", insistiu. No coração do Minho, Passos teve um debate sobre agricultura e visitou um centro de apoio a idosos de uma Misericórdia. Oportunidades para vender a sua cartilha: que a agricultura é uma prioridade de criar emprego e dinamizar a economia e que a segurança social precisa dos privados. Em Viana, seguiu-se a arruada. Em terras de maioria socialista, Passos teve uma recepção fraca.

fonte:http://aeiou.expresso.pt/

publicado por adm às 22:11

"dr. Marcelo Rebelo de Sousa. Ele vai estar na nossa campanha " VAI ESTAR? ESTÁS A BRINCAR COM QUEM?
Anónimo a 31 de Maio de 2011 às 00:35

Tudo sobre as Eleições Legislativas 2011
pesquisar
 
Pesquisa personalizada
links
Web Stats