Eleições Legislativas 2011

Maio 30 2011

 

O PSD volta a alargar a sua vantagem para o PS. Na oitava sondagem da Intercampus para o PÚBLICO e a TVI, os sociais-democratas somam agora 37,0% da preferência dos votos, contra 32,3% dos socialistas. O CDS sobe, a CDU mantém e o BE cai.

 

Com o trabalho de campo a realizar-se já em plena campanha eleitoral (entre os dias 25 e 29), com uma maior exposição dos partidos nos órgãos de comunicação social, o PSD subiu dos 35,8% da passada sexta-feira para os 37,0% esta segunda, ou seja mais 1,2 pontos percentuais, enquanto os socialistas baixaram 34,1% para os 32,3%. A diferença entre os dois partidos é agora 4,7 pontos, quando na passada sexta-feira era 1,7.

Depois de uma queda ligeira na passada semana, o CDS-PP volta a subir na preferência de votos. O partido liderado por Paulo Portas tinha 11,3% e tem agora 12,7%.

A soma dos votos do PSD e CDS-PP atinge os 49,7%, dentro da possibilidade de os dois partidos poderem alcançar uma maioria parlamentar.

A CDU continua a ser o partido mais regular, mantendo-se nos 7,7% e o BE, que na passada semana tinha registado uma ligeira subida, volta agora a cair: os bloquistas recolhiam 6,5% das preferências na sexta-feira e agora ficam-se pelos 5,2%.

Os votos da esquerda (PS, CDU e BE) “casados” somam agora 45,2% , quando na passada sexta-feira atingiam os 48,3%.

O que volta a subir é o número dos inquiridos que afirmou ir votar em outro partido (sem representação parlamentar): passaram de 4,5% para 5,2%.

Esta repartição dos votos leva em conta apenas os entrevistados que manifestaram a intenção de votar num dos partidos indicados.

Cai o número de pessoas que diz não saber em quem vota ou não responde (eram 25,7%, são 23,2% esta segunda-feira) e sobem os que dizem não votar em nenhum partido ou que não votam (passam de 16,8% para 17,6%).

Os que defendem um Governo formado por uma coligação de partidos, um dos grandes temas da primeira semana de campanha, são novamente mais, passam de 51,9% para 54,4%, e os que defendem um Executivo só com o partido vencedor são menos, eram 31,3% e são agora 28,5%.

Dos que defendem uma coligação para o Governo, uma grande parte gostaria que ela fosse entre o PSD e CDS-PP, 37,7%, praticamente os mesmos que na passada sexta-feira (37,8%). Os restantes cenários de coligações recolhem as seguintes preferências [entre aspas valores de sexta-feira]: PSD-PS-CDS, 11,7% (12,7%); PSD-PS, 14,4% (14,8%); PS-PCP-BE, 7,7% (8,7%); PS-CDS, 8,7% (5,7%).

Os que acham que o próximo Executivo vai Governar melhor são 40,3% (eram 41,1% na sexta-feira); os que pensam que vai ser igual são 35,1% (34,8% na última sondagem) e os que dizem que vai governar pior são 8,4% (eram 7,8%).

Esta foi a última de uma séria de sondagens regulares feitas pela Intercampos para o PÚBLICO e TVI.

 

Sondagem realizada pela INTERCAMPUS para a TVI/PÚBLICO, com o objectivo de conhecer a opinião da População Portuguesa sobre temas da actualidade. O universo é constituído pela população portuguesa, com 18 e mais anos de idade, eleitoralmente recenseados, residentes em Portugal Continental, em lares com telefone fixo. A distribuição geográfica dos inquiridos é: Grande Lisboa, 215 (21,3%); Grande Porto, 134 (13,3%); Norte Litoral, 178 (17,6%); Centro Litoral, 184 (18,2%); Interior, 197 (19,5%); Sul, 102 (10,1%). A informação foi recolhida através de entrevista telefónica (CATI), com base em questionário estruturado, elaborado pela TVI e adaptado pela INTERCAMPUS. A amostra de 1010 indivíduos foi seleccionada através do método de quotas, a partir de uma matriz de estratificação que considerou as variáveis Sexo, Idade e Concelho. 23,2% optaram pelo item sabe/não responde e 17,6% nenhum (partido)/ não votaria. O erro de amostragem deste estudo, para um intervalo de confiança de 95%, é de ± 3,08%. A taxa de resposta obtida neste estudo é: 44,9%. Período da recolha da Informação: De 25 a 29 de Maio. Equipa: estiveram envolvidos 47 entrevistadores, devidamente treinados para o efeito, sob a supervisão directa dos técnicos responsáveis pelo estudo.

fonte:http://www.publico.pt/Pol%C3%ADtica/psd-parte-para-a-recta-final-da-campanha-a-descolar-do-ps_1496709?p=2

publicado por adm às 21:40

Tudo sobre as Eleições Legislativas 2011
pesquisar
 
Pesquisa personalizada
links
Web Stats