Eleições Legislativas 2011

Maio 29 2011

 

 

 

sondagem diária da Eurosondagem para o Expresso, SIC e Rádio Renascença, a quinta de dez até ao final da campanha, continua a mostrar uma vantagem ligeira do PSD face ao PS

 

 

A vantagem do partido de Passos Coelho está pouco acima de um ponto percentual, e hoje desceu três décimas face à vespera (fruto da polémica do aborto?). Mas a tendência de vantagem dos sociais-democratas parece consolidar-se. Em cinco dias, e com cinco estudos diários, a liderança nunca chegou aos dois pontos percentuais. Mas também nunca baixou de meio ponto. Passos está à frente por uma unha negra. Mas está sempre à frente. E nas eleições, estar à frente é estar mais perto de as ganhar. E cada dia é menos um dia até ao veredito dos eleitores.

 

Os dois partidos não atingem no entanto scores muito elevados, nem sequer chegando aos 35% nas intenções de voto (a última vez que em Portugal alguém ganhou eleições legislativas com um score tão baixo foi Cavaco Silva em 1985), estando portanto a léguas de uma maioria absoluta.

Para essa maioria no Parlamento, o CDS de Paulo Portas aparece como verdadeiramente decisivo. Isto é, quem ganhar as eleições terá mesmo de reservar umas cadeiras no Conselho de Ministros para Paulo Portas e os seus lugares tenente.

Mais atrás estão os dois partidos de esquerda, PCP e Bloco de Esquerda. Os comunistas não têm um score espetacular mas podem sorrir pois estão a uma semana de recuperar o lugar de quarta força política em Portugal... e desalojar o Bloco.

A força de Francisco Louçã está a revelar-se uma das grandes desilusões de 2011. E a perspetiva de perder cerca de metade da sua bancada no Parlamento é seguramente traumática para um partido que tem vindo sempre a crescer desde que em 1999 se apresentou pela primeira vez a votos.

E A SEGUNDA SEMANA?

 

Perante estes dados, vamos ter uma semana final de campanha empolgante como há muito seguramente não se via. Ninguém que está um ponto do líder vende facilmente a derrota e os socialistas já provaram ser uma máquina política e eleitoral temível. A troca de argumentos, mas também de acusações, vai seguramente subir de tom (se esperava um debate sobre matérias da governação, como o programa da troika, para os próximos dias, o melhor é esquecer).

Apesar do suspense, tudo aponta, e nesta altura a cristalização do voto dos eleitores começa a sentir-se com mais vigor, para que Passos Coelho possa vir a ser o próximo primeiro-ministro de Portugal, sendo José Sócrates o primeiro chefe de governo eleito a ser derrotado nas urnas. Depois de vergar Santana, Marques Mendes, Menezes e Ferreira Leite, Sócrates pode estar a oito dias de perder as eleições face ao líder do PSD com menor experiência governativa (no caso e Passos é mesmo nenhuma...) que apanhou pela frente.

 

Ficha técnica

 

Estudo de Opinião efectuado pela Eurosondagem, S.A. no dia 27/05/2011 para o Expresso, SIC e Rádio Renascença, com o objectivo de conhecer a intenção de voto.

O Universo é a população com 18 anos ou mais, residente em Portugal Continental e habitando em lares com telefone da rede fixa.

A amostra foi estratificada por Região (Norte -21,3%; A.M. do Porto - 14,8%; Centro - 29,2%; A.M. de Lisboa - 25,3%; Sul - 9,4%), e aleatória no que concerne ao Sexo e Faixa Etária, de onde resultou Feminino (51,6%), Masculino (48,4%) e 18/30 anos (19,8%), 31/59 anos (45,7%) e 60 anos ou mais (34,5%), num total de 521 entrevistas telefónicas validadas, dado que 215 (29,2%) das 736 tentativas efectuadas não aceitaram colaborar ou responderam não ir votar.

O resultado projectado da intenção de voto, é calculado mediante um exercício meramente matemático, presumindo que os 21,3% respondentes "Ns/Nr" se abstêm e resulta da seguinte média: Dia 24/05 - 10%, dia 25/05 - 20%, dia 26/05 - 30%, dia 27/05 - 40%. O erro máximo da Amostra é de 4,29 %, para um grau de probabilidade de 95,0%.

Um exemplar deste Estudo de Opinião está depositado na ERC.

fonte:http://aeiou.expresso.pt/a-ultima-semana-mais-renhida-em-decadas=f651887

publicado por adm às 10:48

Tudo sobre as Eleições Legislativas 2011
pesquisar
 
Pesquisa personalizada
links
Web Stats