Eleições Legislativas 2011

Maio 28 2011

Sócrates “desfez” hoje o “equívoco” sobre a nova versão do memorando com a troika: “escrever primeira revisão ou Julho é exactamente a mesma coisa”, disse, referindo-se ao prazo estipulado pela UE e FMI para a avaliação da execução das medidas.

 

À entrada para um almoço-comício em Amarante, José Sócrates refutou a interpretação do PSD sobre as mudanças introduzidas no memorando de entendimento com Bruxelas, afirmando que se tratam de acertos de datas. “Vou desfazer um equívoco. Escrever primeira revisão ou Julho é exactamente a mesma coisa”, disse. 

No caso, por exemplo, da descida da Taxa Social Única escreveu-se agora que o futuro Governo terá de apresentar até ao final de Julho uma proposta de redução (e a correspondente compensação de perda de receita), que será depois incluída no Orçamento do Estado para 2012. “Há alguma diferença nisso? Não. Há a diferença de quem quer fazer uma política de casos”, comentou Sócrates. 

O líder socialista, questionado pelos jornalistas, distinguiu, porém, a atitude do CDS-PP, que classificou como “honesta”, “sensata e responsável”. “Nisso, o CDS foi um partido honesto. As declarações do doutor Paulo Portas foram sensatas e responsáveis, de quem quer honestamente avaliar a situação”, afirmou. 

Sócrates disse ainda que tomou conhecimento das alterações no dia em que o Estado português assinou o acordo com a União Europeia, a 17 de Maio. “No dia 20 já estava disponível na Internet”, disse.

fonte:http://www.publico.pt/

publicado por adm às 14:52

Tudo sobre as Eleições Legislativas 2011
pesquisar
 
Pesquisa personalizada
links
Web Stats