Eleições Legislativas 2011

Maio 27 2011

Paulo Portas chamou hoje a atenção para o negócio que gira em torno do ouro roubado. “Há cerca de 200 casas identificadas de receptação onde esses fios e relógios que são vendidos a 17 euros por grama e são revendidos a 34 euros por grama”, disse o líder do CDS, em Setúbal, lembrando que essas casas estão num vazio da lei, enquanto as ouriversarias têm regulamentação própria.

 

“Todos ganham neste negócio menos a vítima que fica sem os seus bens”, disse, no final de uma visita à esquadra de Almada. 

O líder do CDS voltou a criticar a regra “cega” de só entrar “um polícia se saírem três” ou entrar “um por cinco”. “Esta é a diferença entre PS e PSD. Não é possível fazer política de segurança com redução de efectivos”, sustentou. E é possível, em cenário de contenção orçamental, retomar os concursos de admissão anuais nas forças de segurança como está previsto no manifesto eleitoral do CDS? Paulo Portas responde com a necessidade de renovação. “Se por ano se aposentarem mil agentes como é que a polícia se renova? Se só deixarmos fazer aposentações, a polícia fica sem gente”.

Antes de se despedir do comandante da esquadra, Portas criticou PS e PSD por terem aprovado “leis penais permissivas” e voltou a defender os julgamentos rápidos para crimes praticados em flagrante delito.

Sindicatos elogiam líder do CDS

O discurso em torno do reforço da autoridade da polícia é reconhecido pelos sindicatos das forças de segurança. É o próprio Paulo Rodrigues, da Associação Socio-Profissional da Polícia, que o admite. E em contraponto com outros partidos que considerou menos interessados nas dificuldades das forças de segurança quando estão na oposição. 

“O doutor Paulo Portas tem uma noção muito clara das dificuldades”, disse Paulo Rodrigues, no final de uma reunião com o líder do CDS, e em que estiveram representantes de oito sindicatos relacionados com forças de segurança. Paulo Rodrigues disse esperar que o discurso corresponda à acção se o líder do CDS vier a fazer parte do futuro governo.

fonte:http://www.publico.pt/

publicado por adm às 22:56

Tudo sobre as Eleições Legislativas 2011
pesquisar
 
Pesquisa personalizada
links
Web Stats