Eleições Legislativas 2011

Maio 22 2011

O líder do CDS-PP argumentou, em conversa com os leitores do PÚBLICO, que, em tempos de crise “os contratos a termo que caducam em 2011 devem poder ser excepcionalmente renovados”.

 

Questionado sobre o desemprego entre os jovens e sobre as políticas de emprego do CDS-PP, Paulo Portas defendeu a renovação excepcional, dizendo que “em recessão económica, temos de o fazer para evitar mais desemprego ou recibos verdes por absurdo legal”.

Portas notou ainda que as universidades devem fornecer um índice de emprego dos respectivos cursos com base em “critérios objectivos”, e disse ser “inaceitável que se tribute com quase 50% de taxas e contribuições um jovem, trabalhador independente, que se lança no mercado de trabalho”. 

“Em crescimento, incentivam-se os contratos definitivos. Em recessão, se não for possível renovar os contratos a termo, estamos a fabricar desemprego. Eu não ponho a ideologia à frente da realidade”, afirmou.

O candidato criticou ainda o número de empresas públicas, mas manifestou reservas quanto a algumas privatizações.

“Foi um grande erro aumentar o número de empresas públicas e gestores públicos nos últimos anos. Este erro multiplicou-se também nas regiões autónomas e nas câmaras municipais", afirmou. "Tenho sérias reservas quanto à privatização da REN (sem concorrência), das Águas [de Portugal] (também monopólio natural) e da CGD, que quero transformar num banco de fomento às PME”.

Em resposta a uma pergunta colocada por um leitor preocupado com a possibilidade de o Estado vir a acabar com o acesso gratuito aos medicamentos para seropositivos, Portas demarcou-se da visão do PSD para a saúde: “Há uma acentuada diferença entre a inclinação liberal do PSD e o pensamento social do CDS. Sei perfeitamente que grande parte dos portugueses depende do funcionamento humanizado e bem gerido do SNS. Na política do medicamento, sempre defendi que a poupança possível e necessária é no desperdício e não no doente.”

fonte:http://www.publico.pt

publicado por adm às 15:18

Tudo sobre as Eleições Legislativas 2011
pesquisar
 
Pesquisa personalizada
links
Web Stats