Eleições Legislativas 2011

Maio 18 2011

O presidente do Governo Regional acusou hoje Francisco Louçã (BE) de proferir uma «série de mentiras desesperadas sobre a Madeira», no debate televisivo com o líder do PSD, Pedro Passos Coelho.

Num comunicado distribuído no Funchal pela presidência do executivo madeirense, intitulado «esmentindo o sr. Louçã» Alberto João Jardim reage às declarações do debate televisivo de terça-feira no âmbito da pré-campanha para as eleições de 5 de Junho.

«Num debate televisivo, um representante da ‘esquerda caviar’ portuguesa, o sr. Louçã proferiu uma série de mentiras desesperadas sobre a Madeira, que serão também tratadas nas instâncias judiciais», declara Jardim.

Diz ser «falso que o Governo Regional da Madeira tenha adjudicado a recuperação do denominado ‘aterro’ junto ao cais do Funchal, a quem quer que seja, e muito menos a qualquer dirigente do Partido Social Democrata».

Sustenta serem também «falsos os números sobre o “Jornal da Madeira” e a sua rádio, órgãos de comunicação social que a Esquerda, na região aliada à extrema-direita, pretende encerrar para, conforme os seus usos e costumes, ter monopólio de opinião também no arquipélago».

No referido debate televisivo, Francisco Louçã confrontou Pedro Passos Coelho com o «despesismo» da Madeira e apontou como exemplo os 50 milhões de défice acumulados pelo Jornal da Madeira, «a folha de propaganda do Governo regional», que detém 98,98 por cento do capital daquele órgão de comunicação social e falou do investimento previsto para o aterro no cais da capital madeirense.

fonte:Lusa/SOL

publicado por adm às 22:38

Tudo sobre as Eleições Legislativas 2011
pesquisar
 
Pesquisa personalizada
links
Web Stats