Eleições Legislativas 2011

Maio 10 2011

O líder do PSD mostrou-se hoje contra a baixa de salários para compensar a redução da taxa social única. “Não podemos sacrificar os salários”, defendeu Passos Coelho, sustentando que a compensação financeira para a Segurança Social deve vir do aumento dos impostos sobre o consumo.

 

Na conferência da Ordem dos Técnicos Oficiais de Contas/TSF/DN, sobre política fiscal e a União Europeia, o líder do PSD considerou que a medida de aumento dos impostos sobre o consumo “impede um nível de endividamento tão grande” e “estimula a poupança”.

Mais uma vez, o dirigente social-democrata não especificou quais as taxas que pretende vir a alterar, caso seja Governo. “Não vou entrar em detalhe, se é a electricidade, a cerveja, os sumos. Isso tem de ser visto em sede de Orçamento do Estado”, disse. 

Passos Coelho adiantou que a redução da taxa social única foi estudada pelo Banco de Portugal e que há nove meses que está em análise por um grupo técnico do PSD.

Face às críticas dos socialistas - que têm acusado o PSD de pretender aumentar o IVA ao reduzirem a taxa social única -, Passos Coelho desafiou a que apresentem outra solução. “Se alguém tem uma solução melhor para aquilo que se chama a desvalorização fiscal interna que o diga, eu não conheço”, afirmou.

fonte:http://www.publico.pt/

publicado por adm às 23:00

Tudo sobre as Eleições Legislativas 2011
pesquisar
 
Pesquisa personalizada
links
Web Stats