Eleições Legislativas 2011

Maio 08 2011

Secretário-geral refuta afirmações do PS sobre forma de compensar redução da taxa social única

 

O secretário-geral do PSD, Miguel Relvas, afirmou este domingo que «não haverá aumento de impostos» e que, «de uma forma clara, o programa demonstra-o», cita a Lusa.

O social-democrata, que falava aos jornalistas após o Conselho Nacional do PSD, que decorreu num hotel de Lisboa, reagia assim à acusação do PS, para quem a proposta do PSD para reduzir a taxa social única (TSU), terá de ser compensada com uma subida de impostos.

Miguel Relvas afirmou que «está já esclarecido que não», remetendo para as explicações de Carlos Moedas, que anteriormente tinha dito aos jornalistas que a descida da TSU será conseguida através da «reestruturação do IVA», como já constava do PEC 4 e já tinha sido defendido pelo ministro das Finanças, Teixeira dos Santos.

«A grande preocupação que nós temos que ter é a de criar emprego», sublinhou.

«Fica demonstrado que há programas alternativos e Portugal tem todas as condições de poder olhar para o futuro com esperança e com a ambição de que o crescimento económico vai poder permitir ultrapassar as dificuldades que vivemos nos últimos anos», argumentou.

fonte:http://www.agenciafinanceira.iol.pt

publicado por adm às 23:39

Tudo sobre as Eleições Legislativas 2011
pesquisar
 
Pesquisa personalizada
links
Web Stats