Eleições Legislativas 2011

Abril 27 2011

O líder do PSD, Pedro Passos Coelho, afirmou hoje que não rejeita a hipótese de dialogar com José Sócrates, depois das eleições legislativas de 5 de Junho. Questionado pelos jornalistas se estaria disponível para dialogar com José Sócrates, caso o PSD vença as eleições e Sócrates se mantenha à frente do PS, Passos Coelho respondeu que dialoga "com toda a gente".

"Tenho dialogado muito com o engenheiro Sócrates e não estou no Governo. Dialoguei tanto com o engenheiro Sócrates e com o seu Governo que isso permitiu ao PS, apesar de ter perdido a maioria absoluta, aprovar os seus orçamentos de Estado naAssembleia da República e os Programas de Estabilidade e Crescimento", lembrou o líder dos social-democratas.

Passos Coelho realçou ainda que o que tem faltado não é diálogo, mas sim poder de concretização.

"Nós precisamos de um Governo que dialogue, mas que responda pelos resultados. Quando nós queremos negociar alguma coisa e queremos acordar alguma coisa entre os partidos temos de ter confiança em que aquilo que acordamos é realizado. Ora, nós hoje temos um défice de concretização", explicou.

O líder social-democrata afirmou ainda que só irá pronunciar-se sobre o próximo Governo depois das eleições, por respeito pelo sentido de voto dos portugueses.

Passos Coelho falava durante uma visita a uma exploração agrícola na freguesia de Nariz (Aveiro) com cerca de 12 hectares de área ocupados por produção agrícola na área dos hortícolas e por cavalos “puro sangue lusitano”, veados e gado bovino.

O presidente do PSD aproveitou a oportunidade para defender que o investimento na área agrícola é "estratégico para o país, pode ser decisivo para o emprego mas também para ajudar à exportação e à criação de valor em Portugal".

"Este é o exemplo claro de uma exploração que conseguiu recuperar intervenção sobre o solo, que estava praticamente abandonado, e que consegue aliar a inovação entre a universidade e aqueles que têm a ambição de criar valor e de pôr a terra a produzir, que é muito importante para o país", sublinhou.

Antes, o presidente dos sociais-democratas visitou as instalações da Santa Casa da Misericórdia de Aveiro onde teve oportunidade de contactar com alguns utentes e ficar a conhecer os projetos da instituição, nomeadamente a construção de uma unidade de cuidados continuados e uma residência para doentes com Alzheimer.

fonte:http://www.jornaldenegocios.pt/
publicado por adm às 23:22

Tudo sobre as Eleições Legislativas 2011
pesquisar
 
Pesquisa personalizada
links
Web Stats